Blog

Conheça os procedimentos estéticos realizados por farmacêuticos

Uma resolução do Conselho Federal de Farmácia de 2015 permite que profissionais atuem na área de procedimentos estéticos.

A nova área abre possibilidade para que os farmacêuticos conquistem mais espaço no mercado de trabalho. Segundo estimativas, um profissional recém-formado que atue na área encontra trabalho com salários de até R$ 4 mil para uma carga horária de 40 horas semanais.

O setor de higiene pessoal, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) tem tido um excelente crescimento nos últimos anos e o Brasil é o terceiro maior mercado consumidor destes produtos. Os procedimentos estéticos, que utilizam produtos químicos como peelings, limpeza de pele e hidratação, entre outros, requerem cada vez mais fórmulas específicas. Por isso, a atuação do farmacêutico na área tem grande potencial.

 

Como o farmacêutico pode atuar na área de procedimentos estéticos

Farmacêuticos devidamente qualificados para realizar procedimentos estéticos são capazes de orientar os usuários de produtos cosméticos e medicamentos isentos de prescrição médica usados no tratamento de doenças de pele, combinando os conhecimentos de farmácia aos cuidados com a estética do paciente.

 

 

Graças aos conhecimentos em bioquímica, fisiologia, entre outros adquiridos na faculdade e em cursos de  cursos de pós-graduação Lato Sensu na área específica de estética, o farmacêutico pode orientar e indicar ao paciente o procedimento estético ideal para ele. Isso vai desde a identificação do melhor produto ou fórmula para cada tipo de pele, até tratamentos mais complexos como peeling.

Além disso, a permissão para farmacêuticos realizarem procedimentos estéticos tem as seguintes possibilidades de atuação:

 

  • Aconselhamento cosmético e nutracêutico - o farmacêutico usa seus conhecimentos para avaliar a disfunção estética do paciente e o orienta quanto a escolha do cosmético mais adequado à sua realidade. Ele também pode aconselhar complementos alimentares que podem melhorar a qualidade de vida e a estética;
  • Preparação de fórmulas e produtos com fins estéticos - a manipulação e criação de novas fórmulas é um dos grandes potenciais da área e produtos inovadores ganham destaque no mercado;
  • Administração e aplicação dos produtos - o farmacêutico especialista na área é capaz de realizar e utilizar procedimentos estéticos não invasivos (como hidratação de pele e intradermoterapia) e procedimentos estéticos invasivos não cirúrgicos (como aplicação de toxina botulínica, preenchimento dérmico, agulhamento/microagulhamento estético e criolipólise).
  • Acupuntura estética - a técnica pode ser utilizada por farmacêuticos a fim de melhorar a aparência do paciente.

 

Que cuidados um farmacêutico que deseja realizar procedimentos estéticos deve ter

A RDC número 138/2003 isenta vários medicamentos de prescrição, entre eles fórmulas que podem ser utilizados em procedimentos estéticos. Exemplos são antiacneicos tópicos, antimicrobianos tópicos, anti-sépticos, vitaminas, emolientes.

Já a RDC número 44/2009 estabelece as boas práticas farmacêuticas para o controle sanitário do funcionamento, dispensação e comercialização de produtos, e da prestação de serviços farmacêuticos em farmácias. Ela permite, por exemplo, a perfuração da orelha para colocação de brincos. Mas vale lembrar que é vedado utilizar a farmácia como consultório ou outro fim diferente do licenciamento.

 

Gostou de conhecer mais essa área de atuação dos farmacêuticos? Inscreva-se em nossa newsletter e receba mais novidades sobre as áreas de especialização de farmácia!

Leia também:

Prescrição de medicamentos: o farmacêutico pode fornecer?

Medicamentos para gestantes: o que é permitido?

Como funciona a aplicação de vacinas em farmácias

 

Importante: O objetivo deste blog é trazer informações atualizadas sobre o setor médico/farmacêutico. O conteúdo não expressa a opinião da empresa/Laboratório Teuto | Pfizer.