Blog

Curva ABC: Como usá-la no controle de estoque de sua farmácia?

Controlar o estoque de uma farmácia é algo realmente desafiador. Existe uma infinidade de medicamentos, marcas e laboratórios.

Para completar, você ainda precisa conhecer o comportamento do usuário e se antever as preferências do consumidor. Se não fizer isso, pode perder vendas pela falta de um medicamento e impactar diretamente o seu faturamento.

A maneira mais fácil de evitar isso é com a Curva ABC, um método usado no gerenciamento de estoque para conhecer seus produtos mais importantes. Veja como funciona essa matriz e como usá-la no dia a dia de sua farmácia para não perder vendas.

O que é a Curva ABC?

A Curva ABC é um método para categorizar produtos de seu estoque para fazer o controle de medicamentos em sua drogaria. Ele separa os produtos em seu estoque em três classes: A, B e C.

A classificação desses itens ocorre do mais importante, tratando-se das vendas e faturamento da farmácia, para o menos vendido ou essencial para o negócio. Em outras palavras, visa encontrar os medicamentos que não podem faltar e aqueles que são menos importantes.

Veja a classificação dos itens segundo a Curva ABC:

Classe A: os remédios ou outros produtos da farmácia mais vendidos. Correspondem até 80% das vendas e representam no máximo 20% do estoque.

Classe B: medicamentos intermediários em relação à venda, ou seja, ficam no meio entre os produtos mais tops e os menos vendidos. Representam até 20% das vendas e 30% do estoque da farmácia.

Classe C: são os itens menos vendidos e que, por isso, não exigem tanta atenção no controle de estoque da farmácia. São comprados em maiores quantidades (70% do estoque), mas respondem por apenas 10% das vendas ou menos.

Aplicando a categorização no seu estoque

Para aplicar a Curva ABC na gestão da sua farmácia é simples. Veja as instruções abaixo:

  1. Liste os principais produtos (por categoria ou aplicação) em uma planilha;
  2. Na coluna ao lado coloque o valor unitário de venda e o total de vendas no período;
  3. Multiplique o número de vendas pelo valor do produto e coloque na próxima coluna;
  4. Calcule todas as suas vendas no período;
  5. Filtre pelos produtos com maior representatividade de suas vendas no período;
  6. Calcule o percentual dessas vendas e coloque em uma outra coluna também;
  7. Agora basta filtrar em sua planilha os produtos com mais vendas e agrupá-los de acordo com a Curva ABC.

Pronto! Agora você já sabe quais produtos são extremamente importantes para sua farmácia e não pode deixá-los faltar em seu estoque.

Você achou essa informação útil para controlar o estoque de sua drogaria e organizar as compras de medicamentos? Então compartilhe com os seus amigos.