Blog

Medicamento contra enxaqueca é aprovado e logo chegará ao Brasil

Milhares de pessoas sofrem diariamente de enxaqueca e, mesmo com tantos medicamentos, é difícil contornar o problema e identificar o real impacto da farmacologia no tratamento da enxaqueca. Pelo menos até agora!

Um medicamento recém-aprovado no exterior promete amenizar os sintomas da enxaqueca, reduzir os efeitos colaterais do tratamento e combater as alergias que são comuns em outros tipos de fármacos.

Além disso, o medicamento é o primeiro a ser aprovado especificamente para o tratamento da enxaqueca. Afinal, os demais tratamentos existentes foram importados de outras doenças e condições e adaptados para o tratamento da cefaleia.

 

 

O Erenumab

O novo medicamento para enxaqueca despertou a curiosidade dos especialistas e pacientes recentemente. Primeiro por ser o primeiro tratamento específico para enxaqueca, depois por ter a recomendação de uma utilização por mês, além de efeitos colateiras mínimos.

O fármaco atua na molécula da dor, também conhecida como CGRP (peptídeo relacionado ao gene da calcitonina). Outros estudos já ligaram essa molécula com as dores da enxaqueca, por isso o tratamento promete ser tão eficaz.

O Erenumab previne o desenvolvimento da dor e pode ser usado para o tratamento de enxaquecas crônicas ou episódicas. A previsão é que o fármaco chegue ao Brasil até o término do primeiro semestre de 2019.

Vale lembrar que já existem outros medicamentos com ação similar ao Erenumab e também em estudo com a mesma promessa. Mas como o fármaco é destinado especificamente para enxaqueca tem chamado a atenção de especialistas e pacientes.

Outro ponto importante é que o Erenumab não será uma cura para enxaqueca, infelizmente. No entanto, ao chegar ao Brasil, será mais uma ferramenta de tratamento para a doença e também para melhorar a qualidade de vida de quem sofre com as terríveis dores de cabeça.

Gostou da notícia? Aproveite e compartilhe este post em suas redes sociais agora mesmo!