Blog

O uso de viagra no Brasil completa duas décadas, mas é preciso tomar algumas precauções

Você sabia que um conhecido medicamento que ficou conhecido pela revolução sexual acaba de completar duas décadas de uso no Brasil e também em outros países? O viagra ajuda os homens contra a disfunção erétil há 20 anos!

Sua descoberta aconteceu graças ao acaso. Em resumo, a ciência estava buscando por um remédio que atuasse contra a pressão alta na época, porém acabou descobrindo a fórmula que deu vida ao viagra. A partir de então, o medicamento conhecido como viagra tem permitido que diversos homens voltem ou melhorem suas vidas sexuais.

Entretanto, o que muita gente não pode esquecer é que o viagra continua sendo um remédio, portanto seu uso deve ser feito sempre com um acompanhamento médico visto que a alta dosagem pode sim causar riscos à saúde.

Quer saber mais sobre o viagra e sobre quais são as contraindicações do medicamente? Leia!

 

 

Viagra: Uma revolução sexual

Como forma de comparação, o viagra foi uma revolução sexual para os homens assim como a pílula anticoncepcional foi para as mulheres durante a década de 1960. É importante salientar que, além de uma mudança no comportamento, a descoberta do viagra acabou estabelecendo novos paradigmas para a ciência.

Isso porque antigamente a disfunção erétil era considerada um problema de fundo psicológico, uma vez que a ciência ainda não tinha conhecimento de como se processava a via metabólica da ereção.

O medicamento foi capaz de trazer de volta uma atividade sexual rotineira de qualidade por meio de um princípio ativo, o que ajudou muitos casais.

Hoje, além do princípio citrato de sildenafila, existem outros medicamentos registrados pela Anvisa com diferentes princípios ativos com a mesma finalidade como, por exemplo, vardenafila, carbonato de lodenafila e tadalafila.

Cuidados ao utilizar o viagra

No entanto, apesar dos benefícios que o viagra traz há 20 anos para a população brasileira, vale ressaltar que o uso recreativo de remédios contra impotência podem trazer sérios problemas ao organismo, como dependência psicológica, por exemplo.

Nada de começar a tomar esse medicamento de uma hora para outra apenas para aumentar a autoestima, certo?

O viagra deve ser comprado na farmácia com receita médica! Sabe de mais alguma informação importante sobre esse medicamento que ajuda a disfunção erétil? Então deixe nos comentários e compartilhe com outras pessoas.