Blog

Varejo farmacêutico: Indo além das vendas de medicamentos

O varejo farmacêutico apresenta uma participação muito grande dentro desse setor no mercado nacional. Mas, ao contrário do que muitos podem pensar, ele vai muito além da venda de medicamentos.

Um claro exemplo disso é a presença massiva dos itens de beleza e bem-estar nas farmácias. Nesse cenário, empresários do segmento têm buscado por soluções, inovações e alternativas que atraiam o cliente e que se mostrem como itens competitivos.

 

 

Novidades e investimentos

Observando o peso do varejo farmacêutico, diversas empresas do setor e até fora dele têm investido em uma série de linhas como programas capazes de ajudar no gerenciamento do negócio, por exemplo.

As soluções para o segmento não param nisso. A perfumaria é outro setor que tem recebido muita atenção dentro das farmácias pelo fato de que tem crescido ano a ano. Com isso, os produtos são cada vez mais diversificados e personalizados.

Para dar conta de tudo, a gestão é outro setor que tem sido trabalhado e tem concentrado boa parte dos investimentos feitos na área. Um exemplo disso são os marketplaces, os agendamentos de serviços, a compra programada, a gestão de estoque, as comissões e a gestão de reembolsos que tem suas soluções focadas no setor.

Na realidade, o varejo farmacêutico ir muito além da venda de medicamentos não é algo novo. O que tem chamado a atenção de profissionais e empresários do setor é o significativo crescimento e o peso com que ele se coloca no mercado.

Claro, mesmo com tantas soluções já criadas e outras sendo desenvolvidas, é preciso que as farmácias se preocupem com atualizações e levantamento de dados, tanto para agradar os clientes como para aumentar o faturamento.

O motivo dessa preocupação é simples: o mercado é excelente, mas é preciso identificar os melhores caminhos e soluções para que os preços competitivos e a qualidade sejam mantidos com crescimento sólido.