Blog


Abrir as portas da farmácia, supervisionar o caixa, atender clientes, aplicar injeção, ir ao banco, atender mais clientes, receber os representantes, resolver problemas familiares, motivar a equipe, conversar com o contador, resolver problemas e assim, repetir várias destas rotinas todos os dias.... ufa!

Alguns ainda não perdem a mania de reclamar do concorrente, dos altos impostos e sempre arrumar uma boa desculpa para as vendas em baixa.

Você já avaliou melhor o seu dia e o que faz dele?

Você dedica alguma hora do seu tempo a analisar os números da sua farmácia e a organizar os dados financeiros e interpretá-los para tomar decisões?

Infelizmente a rotina citada é a realidade de um grande número de farmácias do varejo independente. Relutar em adotar técnicas administrativas e ignorar a importância de tais na viabilidade do seu negócio é um risco. Muitos empresários se perdem em meio as rotinas operacionais e sequer conhecem ou já ouviram falar de indicadores financeiros e de performance necessários para conhecer os resultados da empresa e fazer tomada de decisão.

Tratar de números, finanças, controle de caixa, contabilidade e afins, parece sempre um drama para muitos. Mas é possível aprender, desenvolver e aplicar na prática técnicas de gestão para farmácias de pequeno e médio porte.

Fica a indagação! Você quer mesmo sair da rotina e transformar a forma de dirigir sua empresa, visando a prosperidade e o sucesso?

O caminho é um só e chama-se CONHECIMENTO.

Lembre-se: SÓ DEPENDE DE VOCÊ!

*Mensalmente, o Espaço Farmacêutico abre este espaço para seus parceiros exporem suas opiniões e ideias sobre diversos temas. Portanto, este conteúdo é de total responsabilidade de seus autores.