Blog

EUA avança na criação de uma vacina contra a COVID-19

A tão esperada vacina contra Covid-19 mostrou avanços na sua criação. A partir disso, muitas pessoas já se mostraram ansiosas para tomar a dose e garantir a imunidade. No entanto, estima-se que a sua finalização ocorra somente em Dezembro.

Produção da vacina contra Covid-19

A empresa responsável pela criação e testes da vacina contra Covid-19, a empresa norte-americana Moderna, anunciou a terceira etapa dos testes clínicos para a candidata à vacina contra o vírus. Este é, de fato, o último estágio de testes antes de a vacina receber a autorização para ser distribuída.

Estima-se que aproximadamente 30 mil pessoas em 87 lugares diferentes dos Estados Unidos receberão a vacina. Para realizar o teste, a Moderna dividirá os voluntários em dois grupos distintos. A intenção é um desses grupos receba uma dose de 100 ml já no primeiro dia. Após a aplicação, uma dose reforço deverá ser aplicada após 29 dias.

Em relação ao segundo grupo, o tratamento ocorrerá somente com placebos. A intenção é comparar a eficácia de ambas e observar uma possível semelhança. A última fase de testes visa ser a prova final para garantir se a vacina é segura, eficaz e se garante de fato a imunidade.

Efeito da vacina

Segundo informações publicadas no site UOL, a primeira fase foi para analisar se os anticorpos atingiam níveis mais altos a partir do momento em que o corpo recebia doses mais altas. Entretanto, após a segunda etapa, os participantes do teste apresentaram realmente níveis mais altos do que outras pessoas que tiveram a Covid-19.

Além disso, muitas pessoas se questionam sobre os possíveis efeitos da vacina. O que ocorre é que, grande maioria dos indivíduos tiveram efeitos colaterais leves que são perfeitamente comuns. Até mesmo as pessoas que tiveram efeitos colaterais moderados, não atingiram reações para que os testes fossem suspensos.

Entre os efeitos, foram relatados fadiga, calafrios, dor de cabeça, dor no corpo e dor no local da injeção. Apenas poucas pessoas desenvolveram erupções cutâneas na pele. O especialista de doenças infecciosas da Universidade de Cardiff, Andrew Freedman, diz que a vacina pode ser capaz de estimular a produção de anticorpos.

Preço da vacina contra Covid-19

Uma das maiores preocupações em relação à vacina contra Covid-19, é o preço que ela será disponibilizada no mercado. O presidente da Moderna, Stéphane Bancel, não comentou abertamente e com assertividade sobre o preço.

Porém, mesmo assim afirmou que a intenção é que o preço seja acessível para todas as pessoas e que possui consciência da obrigação da empresa de ser responsável durante a precificação da vacina, principalmente em época de delicada economia.

Eficácia no tratamento

Caso a vacina contra Covid-19 se mostre realmente eficaz, a Moderna, empresa que está cuidando do assunto, diz que o interesse é produzir entre 500 milhões a 1 bilhão de doses da vacina por ano. Mesmo com o avanço interessante, ainda possuem três vacinas que entraram em evidência como um possível fim da pandemia.

Acesse o site para ficar por dentro de mais informações!

 

Fonte:

https://jovempan.com.br/noticias/mundo/eua-vacina-coronavirus-pronta-dezembro.html