Blog

Como está a transformação digital no setor farmacêutico?

Infelizmente, a transformação digital no setor farmacêutico ainda é lenta. Com a pandemia instaurada pela COVID-19, muitos estabelecimentos se viram obrigados a atuar dentro dos padrões tecnológicos atuais. Em suma, por ser um segmento restrito e que conta com muitas regras, o setor fármaco acaba ficando para trás.

Isso significa que, se talvez não fossem obrigados a se adequarem aos novos métodos de atendimento, provavelmente não haveria ocorrido a transformação digital no setor farmacêutico. Logo, pode-se dizer que quando comparado a outros segmentos, ele está um tanto atrasado no quesito tecnológico.

Qual a importância da transformação digital nas farmácias?

Um impacto muito forte fez com que todos os indivíduos fossem obrigados a se adaptarem com um novo meio de vida. Em meio a pandemia, a tecnologia vem oferecendo uma série de benefícios e vantagens quando utilizada da maneira correta.

Logo, seguindo estratégias simples e bem organizadas, é possível adquirir resultados extremamente satisfatórios e garantir aumento considerável de visibilidade positiva da empresa como um todo. Além disso, a transformação digital nas farmácias é algo que necessita crescer urgentemente.

Com as pessoas possuindo uma rotina cada vez mais acelerada e complicada, torna-se difícil a todo momento se deslocar até o âmbito farmacêutico para adquirir seus medicamentos e apresentar receitas. Mesmo que essa seja, de fato, uma das formas mais seguras de evitar fraudes e enganos, é necessário se adaptar.

Afinal, no ano em que estamos é indispensável saber utilizar tais armas tecnológicas a favor do atendimento ao cliente e crescimento da empresa.

Sobre dados da IQVIA

O setor farmacêutico apresenta estar se adaptando aos princípios da transformação digital. Segundo a IQVIA, empresa multinacional que visa trabalhar com o foco voltado para a informação da tecnologia em saúde, somente em 2019, o faturamento cresceu 7,6%.

Essa porcentagem aponta um faturamento de cerca de R$ 121 bilhões. Agora, com a pandemia, os estudos realizados pela IQVIA apontam valores diferentes. Logo, no mês de agosto, quando comparado ao mês de julho, os produtos farmacêuticos de marca diminuíram cerca de 7,8%. Além disso, os genéricos apontam uma queda de 13,4% e os de referência, de 2,3%.

E-commerce

Além disso, o e-commerce de farmácias é algo que também está crescendo de maneira acelerada. Mesmo que já existisse anteriormente, a pandemia foi algo que impulsionou o mercado de forma considerável. Dessa maneira, tornou-se uma ótima opção permanecer no e-commerce de farmácias e expandi-lo ao ponto de se tornar tão grande e solicitado quanto as lojas físicas.

Dessa forma, a tendência é que esse mercado tomado pelo e-commerce nas farmácias se mantenha em alta, mesmo após a regularização da situação gerada pelo covid-19, já que os consumidores puderam construir esse hábito de compras durante a pandemia.

Quais os impactos no setor farmacêutico?

A transformação digital no setor farmacêutico oferece uma série de aspectos positivos. Afinal, consegue impactar o mercado de grande forma. Atualmente, a empresa que mais apresenta praticidade, versatilidade e uma comunicação descomplicada com o consumidor tem vantagens significativas mediante concorrentes. Dessa forma, notam-se benefícios como:

●      Inovação no método de atender;

●      Maior fidelização de clientes;

●      Agilidade na entrega de produtos;

●      Praticidade.

Como implementar a transformação digital?

Implementar a transformação digital no setor farmacêutico não é algo tão difícil quanto se imagina. Inclusive, pode começar pela própria rede de farmácias e sem esperar por demais fatores. Em geral, ela pode ser facilmente implementada com:

●      Atendimento omnichannel;

●      Tele-entrega;

●      Pedidos online;

●      Implementação de NPS;

●      Agilidade nas respostas.

Dessa forma, é possível apresentar meios alternativos, porém fáceis de realizar, para garantir maior eficácia e transformação digital no setor farmacêutico. Ademais, a empresa como um todo deve ser preparada. Ou seja, é válido implementar um atendimento humanizado, treinar colaboradores, oferecer uma organização agradável e também proporcionar autonomia ao consumidor.

Logo, é possível notar que a transformação digital no setor farmacêutico é algo que não precisa depender única e exclusivamente de aplicativos. Ela pode ocorrer nos pequenos detalhes e fazer com que toda a cena de atendimento e funcionamento faça, em conjunto, uma grande diferença no âmbito farmacêutico presente nos dias de hoje.

Para mais informações, acesse o nosso Blog Espaço Farmacêutico!

 

Fonte:

https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/08/03/transformacao-digital-do-setor-farmaceutico-ainda-esta-lenta-no-brasil-diz-pesquisa/