Blog

Conheça as principais mudanças causadas pela Pandemia no setor farmacêutico

A covid-19 afetou toda a dinâmica de fabricação, distribuição e consumo em diversas áreas. O setor farmacêutico destaca-se devido à necessidade de adotar maiores esforços ao gerenciar e liberar os seus produtos e assim atender as demandas de forma eficiente em tempos de pandemia.

Neste artigo vamos mencionar as principais mudanças causadas pela pandemia no setor farmacêutico, especialmente no que se refere a atuação das farmácias e farmacêuticos. Acompanhe e saiba mais!

Quais as principais mudanças no setor farmacêutico?

Sem dúvida, houve a necessidade de inovar na criação e distribuição de medicamentos utilizados no tratamento da covid-19 e outras doenças. A seguir, trazemos as transformações ocorridas que mais se destacam.

Compras online

A população tem consumido mais mercadorias adquiridas através de e-commerce e não foi diferente com a área farmacêutica. O receio em fazer compra online foi perdido e provavelmente os clientes não terão mais o mesmo interesse em comprar presencialmente no futuro. Para isso, a área tem buscado fazer adaptações para atender essa nova forma de comercialização.

Receita digital

Para facilitar a rotina de médicos, pacientes e farmácias, com o surgimento da covid-19 foi liberada a venda de medicações de uso controlado e antimicrobianos através de receitas recebidas digitalmente. Basta que ela possua a assinatura digitalizada confirmando a sua autenticidade. O atual modelo de certificação legítimo é o ICP-Brasil.

Uso obrigatório de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs)

Visando a proteção dos farmacêuticos, o Conselho Federal de Farmácia (CFF) providenciou R$ 2,27 milhões que foram repassados aos Conselhos Regionais de Farmácia (CRFs) como subsídio para a compra de EPIs e cobrou medidas do Ministério de Saúde para a normalização do abastecimento dos itens no mercado.

Respaldo técnico e científico

A covid-19 torna necessário um maior acompanhamento das demandas de pesquisas nacionais e indústrias farmacêuticas. O setor foi pioneiro na criação de um plano de resposta à pandemia, criando manuais para instrução dos profissionais e folders para orientar a população. 

Uso racional de medicamentos

Ocorreram alterações para facilitar o acesso aos medicamentos. Foi necessário flexibilizar o prazo dos remédios controlados e promover mudanças em relação aos serviços das farmácias populares para melhorar o atendimento e evitar o acúmulo de pedidos.

Essas práticas não significam apoiar a automedicação. Devido ao medo da doença, muitos têm procurado remédios específicos acreditando serem eficazes contra a doença. É função da área conscientizar sobre os perigos e desmistificar as fake news.

Ensino a distância (EAD)

Uma vez que autoridades solicitam que as pessoas mantenham o distanciamento social para evitar a disseminação do vírus, o EAD nunca foi tão utilizado. A área farmacêutica, porém, tem se preocupado com a qualidade da formação dos seus profissionais e recomendou a prática presencial.

Valorização da profissão

Foram feitas campanhas de valorização, para visibilizar e promover o reconhecimento da categoria, com a participação do CFF em algumas iniciativas.

Maior envolvimento farmacêutico nos cuidados com os pacientes

A abrangência de atuação dos profissionais ampliou-se significativamente. Eles estão envolvidos em todas as fases da criação da vacina contra a covid-19, bem como na campanha de combate à pandemia e atualmente eles estão mais envolvidos no cuidado à saúde das pessoas, tanto nas unidades de assistência à saúde da rede pública quanto da privada.

Conclusão

Tais mudanças no setor farmacêutico tendem a continuar mesmo após a pandemia, pois ocorreram transformações em conjunto com a sociedade. Como vimos, o perfil dos compradores mudou e isso impulsionou novas adequações e a necessidade de se estar atento a transformações futuras.

Gostou desta matéria? Assine nossa newsletter para não perder nenhuma novidade. Temos sempre novos conteúdos relevantes para você.

 

Fonte:

- https://www.cff.org.br/sistemas/geral/revista/pdf/145/pharmaciabrasileira_91_web_v1.pdf (pág. 34)
- http://www.inaff.org.br/impacto-da-pandemia-do-covid-19-na-assistencia-farmaceutica/
- https://revistadafarmacia.com.br/mercado/pos-pandemia-mudancas-no-varejo-farmaceutico-serao-irreversiveis/