Blog

Brasil lidera o consumo de medicamentos na América Latina

Dados recentes mostraram que o consumo de medicamentos na América Latina vem crescendo ao longo dos últimos anos. Dentro do cenário regional, o Brasil é considerado líder. O mercado de remédios brasileiro movimentou em 2020 US$ 19 bilhões, o que representa US$ 10 bilhões a mais que o segundo colocado da lista na região, o México. Saiba mais.

O relatório da IQVIA

A IQVIA, empresa líder no uso de informações da área de saúde, publicou o seu relatório global de consumo de medicamentos. Ele compila dados referentes ao ano de 2020 de diversos países, entre eles o Brasil. De acordo com a IQVIA, nosso país figura como líder no mercado de medicamentos na América Latina.

O crescimento na América Latina

Os dados mostram que, ao longo dos últimos anos, essa região do continente americano vivenciou um aumento gradativo no consumo de fármacos. Veja os números dos valores movimentados pelo setor desde o ano de 2016:

●      2020: US$ 45,8 bilhões

●      2019: US$ 40,8 bilhões

●      2018: US$ 36,5 bilhões

●      2017: US$ 33 bilhões

●      2016: US$ 29,9 bilhões

É perceptível o crescimento nos números da região. O relatório de 2020 revelou que, apenas neste ano específico, a América Latina teve uma alta de 12,3% no consumo de medicamentos em relação a 2019. Os dados também mostram as movimentações nas principais economias da região, veja:

●      Brasil: US$ 19,5 bilhões

●      México: US$ 9,5 bilhões

●      Colômbia: US$ 4,3 bilhões

●      Argentina: US$ 4,2 bilhões

O cenário no Brasil

Os dados do Brasil estão alinhados com a realidade regional da América Latina. A taxa de crescimento no consumo de medicamentos em nosso território foi apenas um ponto percentual menor do que a do continente, ficando em 11,3% entre 2019 e 2020.

O mercado de medicamentos brasileiro movimentou em 2020 US$ 19,5 bilhões, um incremento em torno de US$ 2 bilhões em relação ao ano anterior, quando os valores chegaram a US$ 17,5 bilhões.

Com números expressivos, o Brasil lidera o mercado de medicamentos na América Latina. Os brasileiros concentram 42% do setor no continente, cerca de 20% a mais que o segundo colocado na lista, o México que concentra apenas 20,7%.

Esperava-se algum impacto negativo nos números devido à pandemia de Covid-19, no entanto apenas alguns tipos de medicamentos sofreram. O crescimento foi impulsionado especialmente pelos suplementos vitamínicos, com alta de 40%, além dos medicamentos para diabetes, cardiometabolismo e sistema nervoso central, com crescimento entre 20% e 30%.

Conclusão

O relatório da IQVIA, demonstra um crescimento gradativo no consumo de medicamentos na América Latina nos últimos anos. Em 2020, os dados revelaram o Brasil como o líder no mercado latino-americano, concentrando 42% do setor de fármacos. Neste ano, o nosso país movimentou US$ 19,5 bilhões, enquanto que o segundo colocado na lista, o México, apenas US$ 9,5 bilhões.

Gostou do conteúdo? Assine nossa newsletter e receba mais informações sobre o mercado farmacêutico no Brasil.

 

Fonte:

- https://panoramafarmaceutico.com.br/2021/05/01/brasil-concentra-42-do-consumo-de-medicamentos-na-america-latina/