Blog

Os benefícios da terceira dose da vacina contra a Covid-19

Em pauta como uma forma de assegurar maior eficácia de imunização na população idosa, a terceira dose das vacinas contra o coronavírus  já é uma realidade no Brasil.

Avançando para a faixa etária dos 60 anos em vários estados, a campanha de terceira dose da vacina tem como objetivo auxiliar e prolongar a resposta imunológica contra a infecção no maior grupo de risco da doença. A política, iniciada no começo de setembro, já incluiu grupos prioritários, como os profissionais de saúde e os imunossuprimidos, que já tiveram acesso à terceira dose da vacina.

Para profissionais como a Dra. Rosana Richtmann, do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, hospital público brasileiro especializado em infectologia, em São Paulo, a terceira dose da vacina é um importante passo para garantir melhor resposta imunológica a grupos de risco.

Segundo os especialistas do Instituto, além da possibilidade de aumentar a resposta imunológica, a terceira dose da vacina pode, ainda, funcionar como uma proteção mais duradoura contra o coronavírus. Para isso, a maioria dos infectologistas concordam que, de modo geral, a Coronavac não é a vacina mais indicada para a terceira dose.

Segundo esses especialistas, a vacina pode não conceder uma proteção muito duradoura no organismo dos idosos, desestimulando, assim, sua utilização na campanha da terceira dose para esse público.

Ainda de acordo com os profissionais, na população abaixo de 59 anos e, especialmente, nos jovens, os estudos demonstram boas respostas, refletindo a capacidade dos organismos mais jovens de lidarem com a tecnologia da Coronavac, inclusive na aplicação da terceira dose da vacina.

Segundo a opinião da equipe, a perspectiva de aplicação da terceira dose da vacina com tecnologia RNA mensageiro em idosos, promete uma maior chance de proteção duradoura, pela alta eficácia das vacinas com a tecnologia.

Leia também: Vacinação avança e reduz média de idade de internados

Para a campanha de terceira dose da vacina, o imunizante Pfizer é o mais indicado

Com estudos que comprovam a eficácia do imunizante na terceira dose, a vacina Pfizer é a mais indicada pelo Ministério da Saúde na aplicação do reforço.

Produzida com a tecnologia RNA mensageiro, a Pfizer também é considerada a vacina com menor potencial de reações.

Campanha de terceira dose da vacina foi comprovada por estudo

A agência de regulamentação norte-americana, Food and Drug Administration (FDA), está em vias de propor a aplicação da terceira dose da vacina contra o coronavírus de forma escalonada na população dos Estados Unidos.

A resolução partiu de um estudo sobre a terceira dose da vacina, desenvolvido pelo governo de Israel, que foi defendido pelo médico conselheiro da Casa Branca, Dr. Anthony Fauci.

Atualmente, os EUA enfrentam uma nova fase de intensa contaminação, após a redução de medidas sanitárias no país.

Fique por dentro de mais notícias como esta assinando nossa newsletter e nos seguindo nas redes sociais.

 

Fonte:

- https://www.cnnbrasil.com.br/saude/dose-de-reforco-pode-aumentar-durabilidade-de-protecao-diz-infectologista/
- https://www.cnnbrasil.com.br/saude/terceira-dose-e-necessaria-para-protecao-total-contra-covid-19-diz-fauci/