Blog

Varejo farmacêutico bate mais um recorde em faturamento

Alcançando mais um recorde de faturamento, o varejo farmacêutico aumentou suas vendas em 14%, em relação ao mesmo período do ano de 2020, e em 24% em relação ao ano de 2019.

Calculado pelo IQVIA, empresa especialista em análises de mercado para impulsionamento de vendas na área da saúde, os dados fomentam o exponencial crescimento do varejo farmacêutico até mesmo nas vendas de outros produtos em farmácias, que cresceram de 29% para 32% de 2019 até aqui.

Em uma linha de constante crescimento, o varejo farmacêutico demonstra crescente desenvolvimento nas vendas de fármacos que fortalecem a imunidade, nutrição e demais serviços farmacêuticos, respectivamente.

Outro ponto pertinente da pesquisa se refere ao crescimento do varejo farmacêutico conquistado através do associativismo, modelo de mercado que engloba diversas empresas farmacêuticas, como cooperativas e redes setoriais, que passaram por aumentos significativos de vendas no varejo farmacêutico no mesmo período, demonstrando grande força comercial.

Redes associadas à Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias (FEBRAFAR) demonstraram um crescimento de 23,3% nas vendas e de 15,5% em unidades.

Em relação à Associação Brasileira das Redes de Farmácias e Drogarias, o crescimento foi de 13,3% em vendas, contudo, continuam líderes no setor de receita do varejo farmacêutico com R$ 62,4 bilhões, 43,5% do total do desempenho satisfatório.

Em seguida, a evolução do varejo farmacêutico por associativismo dá destaque às outras associações/franquias que desenvolveram o varejo farmacêutico em 22,6% nas vendas e em 13,9% nas unidades.

Na escalada, e ainda em crescimento, fica o varejo farmacêutico independente, com aumentos de 17,6% nas vendas e 9,5% nas unidades.

Leia também: Consumidores priorizam preço e programas de fidelidade, aponta pesquisa

Confira o desempenho do varejo farmacêutico por tipo de loja em valores:

Com impressionantes R$ 143,5 bilhões em faturamento no varejo farmacêutico, as cotas são separadas nos seguintes valores, no ano de 2021:

  • Abrafarma - R$  62,4 bilhões;
  • Outras Redes - 18,6 bilhões;
  • Febrafar - 14,4 bilhões;
  • Outras associações/franquias - 7,3 bilhões;
  • Independentes - 30,4 bilhões.

Desempenho mensurado por região

De acordo com o estudo IQVIA, a distribuição do progresso do varejo farmacêutico por regiões pode ser um bom marcador para promover ações que impulsionem ainda mais as vendas com base nas preferências de consumo.

Regionalmente, também é possível notar maior crescimento nas associações/franquias e nas farmácias independentes com o primeiro lugar para a Região Norte, que teve evolução no varejo farmacêutico de expressivos 97,3%.

Em seguida, respectivamente:

  •  A Região Centro-Oeste, com 79%;
  •  A Região Nordeste, com 69,7%;
  •  A Região Sudeste, com 60%; e
  •  A Região Sul, com 43,1% de aumento.

Quer continuar bem informado sobre todos os assuntos que envolvem o mercado farmacêutico?

Assine nossa newsletter.

 

Fonte:

- https://www.iqvia.com/pt-br/locations/brazil
- https://www.febrafar.com.br/varejo-farmaceutico-tem-mais-um-recorde-de-faturamento/
- https://blog.iberomagistral.com.br/associativismo-beneficios-para-farmacia/