Blog

O que são testes remotos em farmácia e quais as vantagens de oferecê-los em seu estabelecimento?

Com os avanços e liberações dentro da área farmacêutica, as farmácias deixaram de ser uma simples manipuladora e vendedora de remédios para se tornarem um estabelecimento que acompanha toda a rotina de saúde dos pacientes. Com isso, além das tradicionais vacinas, também se tornou cada vez mais comum encontrar testes remotos em farmácias.

Esses produtos têm grande importância na prevenção e no cuidado de diversas doenças, como HIV e sífilis, além de auxiliarem também na detecção de uma possível gravidez, por exemplo. Além disso, esses testes remotos são mais baratos que outros testes laboratoriais e possuem um preço de compra mais em conta.

Dessa forma, quer conhecer como os testes remotos em farmácia podem fazer o seu negócio crescer ainda mais? Então, leia este artigo até o final e descubra a definição de testes remotos na farmácia, as vantagens em oferecer esses produtos e a importância que eles têm para as pessoas em geral.

O que são testes remotos em farmácia? 

Como já foi citado, os testes remotos em farmácias são testes laboratoriais simples que funcionam para detectar a existência de alguma doença que necessita de tratamento ou mostrar a evolução de algum quadro de saúde. Dentro desse cenário, destacam-se os testes remotos para a aferição de glicemia, triglicérides, sífilis, HIV e até sobre a ovulação de uma mulher.

Esses produtos também permitem verificar se um determinado medicamento está produzindo a reação esperada ou se existe a necessidade de uma troca. Com isso, os testes remotos se apresentam como uma excelente alternativa para quem deseja ter praticidade, baixo custo e alto índice de acerto, sem a necessidade de realizar algum teste mais custoso e demorado.

Vantagens em oferecer testes remotos na farmácia

Apesar da polêmica que envolve os testes remotos, devido à falta de estratégias para solucionar problemas laboratoriais graves, esses produtos são muito válidos para as pessoas que sofrem de doenças crônicas. A realização desses testes também permite a regulação da dosagem de um medicamento, construindo assim um processo de acompanhamento farmacoterapêutico.

A partir desse maior acompanhamento surge a possibilidade de ampliar os serviços utilizados por cada paciente e, por consequência, aumentar o valor gasto por cada pessoa na farmácia. Portanto, esse processo tem a força de influenciar muito positivamente no caixa do negócio, aumentando de forma significativa sua rentabilidade.

Importância para as pessoas

Como é sabido de todos, o tempo de espera para se conseguir realizar um exame de diagnóstico no Brasil é muito grande, principalmente entre as classes mais populares, o que contribui para o aumento do número de doentes no país.

Por esse e outros motivos, é de extrema importância adotar medidas que permitem uma série de exames nas farmácias e, consequentemente, uma maior chance de tratamento de uma possível doença.

Além do mais, esses procedimentos otimizam o tempo dos profissionais da área de saúde que podem focar nos casos de maior gravidade.

Em suma, os testes remotos em farmácia permite que exista uma maior facilidade para se identificar e controlar doenças, sendo uma alternativa para quem deseja unir rapidez com baixo custo. E você, o que acha dos testes remotos na farmácia? Deixe aqui nos comentários a sua opinião.