Blog

Saiba tudo sobre os testes de COVID-19 nas farmácias e como preparar sua drogaria

As autoridades no mundo todo vêm investindo em estratégias de enfrentamento ao novo coronavírus, tais como estudos colaborativos para encontrar medicação e/ou vacina para combater o vírus, além de aumentar a produção e oferta de testes na população. Diante desse cenário, no final do mês de abril, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) aprovou a Resolução RDC n° 377, que autoriza a realização de testes de Covid-19 nas farmácias. 

A decisão possui caráter temporário e excepcional com o objetivo de ampliar a oferta de testagem à população, de modo a contribuir na redução da alta demanda em serviços públicos de saúde durante a pandemia do novo coronavírus. 

Para saber mais sobre a nova resolução e como implementar a testagem de Covid-19 em sua farmácia, continue acompanhando este post.

Como realizar testes de covid-19 nas farmácias?

Veja a seguir um conjunto de 5 dicas para você implementar de forma adequada os testes de Covid-19 na sua farmácia:

  1. Atender aos requisitos técnicos de segurança

Com a ampliação de oferta de testes de Covid-19 nas farmácias, haverá uma maior procura por esse estabelecimento, principalmente de pessoas que acreditam estar com coronavírus.

Deste modo, para a farmácia poder oferecer esse serviço de forma segura, é necessário que o estabelecimento possua infraestrutura para manter o maior distanciamento possível entre as pessoas, um espaço privativo de atendimento para a testagem, regras de acesso à farmácia e meios adequados de proteção dos profissionais, tais como EPI's para todos que estarão atendendo, principalmente o responsável farmacêutico — que é quem tem a competência de aplicar o teste no paciente.

  1. Comercializar apenas testes registrados

Somente poderão ser comercializados os testes previamente registrados junto à ANVISA. Para acompanhar em tempo real quais testes estão cadastrados pelo órgão, clique aqui

  1. Estipular preços não abusivos

Não foi estipulado uma faixa de preços para os testes de Covid-19 nas farmácias, no entanto os consumidores que se sentirem lesados poderão entrar em contato com a ANVISA, vigilâncias sanitárias estaduais e municipais e até mesmo órgãos do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor, tais como os PROCONs.

  1. Entrevistar o solicitante do teste rápido 

A realização do teste para Covid-10 é indicada a partir do sétimo dia após o aparecimento dos sintomas, pois antes desse período a janela imunológica não permitirá a apresentação de resultados confiáveis.

Deste modo, o farmacêutico deve entrevistar o solicitante ao teste com o objetivo de verificar se o paciente está apto para realizar o procedimento de forma que o teste apresente o resultado verídico.  

  1. Informar os resultados dos testes realizados

Deve ser garantido o registro e a rastreabilidade dos resultados. Sendo assim, independentemente de o resultado ser positivo ou negativo, o farmacêutico responsável deve informar às autoridades de saúde competentes, por meio de canais oficiais estabelecidos, de modo a auxiliar na divulgação da situação atual de infectados por coronavírus na região.

Estas foram as principais dicas para realizar testes de Covid-19 nas farmácias. Se você gostou deste post, assine a nossa newsletter e continue se atualizando!