Notícias e Releases


Por meio do T-Ideias, o Laboratório Teuto/Pfizer estimula a gestão participativa no maior complexo farmacêutico da América Latina. Resultado da evolução dos tradicionais ‘Olho Vivo’, ‘Ideia Premiada’ e ‘Ideias em Ação’ a ação foi lançada este ano e consiste na seleção de propostas da equipe nas áreas de produtividade, qualidade, EHS (segurança do trabalho, saúde e meio ambiente), pessoas (bem-estar) e resultado financeiro.

"Há cerca de 10 anos, o Teuto investe neste formato de programa interno, onde estimulamos o conhecimento coletivo e prático de nossos colaboradores, em todos os níveis da empresa, orientados para a melhoria contínua dos nossos processos e redução de custos. A gestão de pessoas é um dos pilares fundamentais para continuarmos oferecendo saúde, bem-estar e qualidade de vida, com produtos de qualidade e confiança a preços acessíveis", explica Ítalo Melo, presidente do Conselho de Administração do Teuto.

"É comum que existam iniciativas que incentivem a inovação e a criatividade nas organizações, assim como é verdade dizer que existe uma grande distância entre o discurso e a ação. O programa T-Ideias, ao longo dos anos, tem provado que no Teuto existe sim o discurso e com muita ação. Muitas ideias já foram implementadas, outras estão na incubadora aguardando o momento mais propício, mas estão acontecendo", explica Elizabeth Junqueira, gerente de RH do Teuto.

A primeira premiação dos autores cujas ideias foram aprovadas pelo Comitê de Seleção e são, portanto, aplicáveis às rotinas da indústria, aconteceu este mês. No setor de sólidos, Karla Vanessa Luiz e Weber Diego Furtado foram os premiados. Na garantia da qualidade, Murilo Alvarenga Felisbino, Ketlyn Grellmann, Marcos Santos e Patrícia de Oliveira também foram contemplados. Paulo Sérgio Magalhães, da expedição, João Batista do Nascimento, do almoxarifado de sólidos e João Filisbino, da engenharia na UPP II (unidade responsável pela produção de líquidos e injetáveis) completam a lista. Cada um dos selecionados recebeu um vale compras

As propostas agora seguem para a segunda etapa do projeto e passarão por um processo de validação e implantação na companhia. Em dezembro, a terceira etapa do projeto vai selecionar e premiar os autores das melhores ideias do ano. O primeiro colocado recebe um voucher de R$ 5 mil, o segundo, de R$ 2mil, e, o terceiro, de R$ 1 mil.

"Eu acho o programa uma iniciativa muito bacana. É uma forma de incentivar o colaborador a expressar ideias que podem passar despercebidas na rotina de trabalho", afirma Ketlyn Grellmann. "Já comecei a planejar a implantação da ideia para garantir o prêmio das próximas etapas", complementa.

"Apresentar novas ideias é se tornar agente de mudanças no mundo e não apenas passivos expectadores e é por isto que cada novo projeto que chega é motivo de alegria para todos que trabalham para que este programa seja o sucesso que tem sido", explica Elizabeth Junqueira.

"Já conhecia outras ações de endomarketing e resolvi enviar minha ideia para participar deste programa", comenta Paulo Sérgio Magalhães. "Espero poder contribuir com a redução de custos na indústria", acrescenta.

"É mais uma inovação para o Teuto e para o colaborador. É mais reconhecimento e oportunidade de visibilidade para a equipe, além dos prêmios e melhorias nos processos da empresa", afirma Elizamar Costa, coordenadora de Controladoria do Teuto, área responsável pela avaliação das ideias.

T-Ideias: 
O programa é realizado de janeiro a dezembro de 2016 e busca sugestões inéditas de produtividade, qualidade, EHS (Segurança do Trabalho, Saúde e Meio Ambiente), pessoas (bem-estar) e resultado financeiro. Para participar o colaborador deve procurar o RH para orientação quanto a participação e preenchimento do formulário. Todas as ideias serão avaliadas pelo Comitê T-Ideias, composto por uma equipe multidisciplinar responsável por analisar, avaliar e aprovar as sugestões e suas implantações no decorrer do programa.